Governo e sociedade refletem sobre caminhos para setores petrolífero e elétrico na FGV

Imprimir Envie para um amigo
Por Portal FGV em 01/11/2018
Governo e sociedade refletem sobre caminhos para setores petrolífero e elétrico na FGV

Fonte: Portal FGV

A FGV Energia e a AmCham Rio, promovem no dia 8 de novembro, das 8h às 18h, no Centro Cultural FGV (Praia de Botafogo, 186. Botafogo, Rio de Janeiro/RJ), o VIII Seminário sobre Matriz e Segurança Energética Brasileira e o 14º Brazil Energy and Power, trazendo para exposição e debate importantes interlocutores do cenário energético nacional atual.

Durante o evento, Governo e agentes da sociedade refletirão sobre os caminhos para os setores petrolífero e elétrico, à luz da atração de investimentos para a geração de emprego e renda. Dada a importância do tema para a sociedade brasileira, o evento visa discutir uma agenda política para o país, onde medidas efetivas sejam tomadas para afastar a população dos riscos e da instabilidade de acesso a fontes de energia.

Entre os temas que serão abordados no seminário estão o “Papel do Gás Natural na Matriz Energética Brasileira”, “Oportunidades de Negócios no Setor de Gás Natural no Brasil”, “Downstream – Política de Preços”, “Competitividade no Refino e Impactos Socioeconômicos”, “Revisão das Regras de Integração da Geração Distribuída em 2019”, “Oportunidades e Desafios para o Desenvolvimento da Smart Grid no Brasil” e a “Revisão do Modelo de Contratação (lastro de energia, leilões regionais e outros)”.

Dentre os palestrantes deste ano estão Adriano Pires (Centro Brasileiro de Infra Estrutura – CBIE), Francisco José Arteiro (Operador Nacional do Sistema – ONS), José Mauro Ferreira (Empresa de Pesquisa Energética – EPE), Eduardo Antonello (Golar), Bernardo Perseke (Gás Natural Açu – GNA), Leonardo Gadotti (Plural), Jorge Celestino Ramos(Petrobras), Fernando Henrique Schuffner (Cemig), Luiz Eduardo Barata (ONS), André Pepitone (Agência Nacional de Energia Elétrica - Aneel), Alessio Tizzanini (Enel), Reive Barros dos Santos (EPE) e Roberto Castro (Câmara de Comercialização de Energia Elétrica – CCEE).

Galeria de Fotos

Comentários